Vereadores ligados a Emanuel decidem não fiscalizar dinheiro para pandemia em Cuiabá

29 de maio de 2020 16:28
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Não tem mais o que discutir. A ordem na Câmara Municipal de Cuiabá, é sempre a mesma. É proibido fiscalizar. Uma comissão que pretendia fazer um acompanhamento de como está sendo gasto o dinheiro destinado a combater a pandemia, não poderá ser criada. Um requerimento de autoria do vereador Dilemário Alencar, foi reprovado por 13 vereadores. Na prática, deixam claro que não tem nenhum compromisso com a transparência.

É preciso lembrar que o volume de recursos que chegarão a Cuiabá, enviados pelo Governo Federal, irão ultrapassar 200 milhões de reais. É muito difícil entender porque aqueles que foram eleitos para defender a sociedade, sempre mantém essa postura condenável de não exercer esse papel. O que o cidadão fica se perguntando nesses casos, é a que interesses eles estão servindo.

A verdade é que fiscalizar não vai tirar pedaço de ninguém, que gaste de forma séria e responsável os recursos públicos. Essa enorme falta de transparência, no mínimo, levanta muitas suspeitas. Esse dinheiro destinado a combater a pandemia, precisa chegar aquelas pessoas que perderam o emprego e muitas vezes vivem o drama de não ter nem o que comer em casa.

Diante de tudo isso, 13 vereadores, não se sabe porque, decidiram que não é preciso fiscalizar, virando as costas para a sociedade.