PTB oficializa Galvan ao Senado e pastor como candidato ao governo de MT

6 de agosto de 2022 12:49
Publicado por:
Categorias: Notícias, Política

Foto: Assessoria/ Aprosoja

Ao lado de Ritela, Galvan garante o combate à corrupção e a defesa a valores conservadores

logo

O produtor rural Antonio Galvan (PTB) foi confirmado como candidato ao Senado durante a convenção do Partido Trabalhista Brasileiro na noite da última sexta-feira (5). Além dele, o partido  também homologou a candidatura do pastor Marcos Ritela ao governo de Mato Grosso e dos postulantes a deputado federal e estadual.

Em seu discurso, Galvan reafirmou seu apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro e a defesa das pautas conservadoras de direita. Ele ainda criticou a falta de posicionamento de seus principais adversários, aos quais atribuiu relações com a esquerda, em especial com o Partido dos Trabalhadores.

“Todos os outros candidatos ao Senado são iguais, farinha do mesmo saco. Tem um candidato ‘melancia’ que sempre votou com a esquerda, que apoiou o Lula [ex-presidente] duas vezes, a Dilma [ex-presidente] na sua eleição e reeleição, o governo do Michel Temer e agora por oportunismo eleitoral se diz de direita e defensor do nosso presidente Bolsonaro. No entanto, ele nunca defendeu o governo Bolsonaro e nem fez os enfrentamentos que o nosso país tanto necessita.  Não existe divisão da direita na disputa pelo Senado, pois só existe uma candidatura que representa de fato a direita, que é a nossa”, frisou Galvan, que é presidente licenciado da Aprosoja Brasil.

Líder do movimento de direita ‘Brasil Verde e Amarelo’, Galvan afirma que é ó único candidato a senador com coragem de fazer os enfretamentos que o país precisa para se desenvolver e garantir uma vida mais justa e de oportunidades para as pessoas.

“Nossa candidatura defende os interesses da população mato-grossense e brasileira, por isso temos coragem de fazer os enfrentamentos e propor mudanças no STF. Serei um senador de todos os mato-grossenses e não de um grupo ou segmento específico”.

O petebista citou ainda propostas para educação, segurança e saúde. Para ele, é necessário promover uma reforma na educação, onde o foco será o conhecimento, o ensino fundamental e profissionalizante. Além da valorização dos profissionais da educação. Na segurança, Galvan defendeu o armamento e uma política mais eficaz no combate ao tráfico de drogas. Na saúde, a proposta é combater a corrupção para que não faltem medicamentos e nem leitos para atender as pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde.

“O principal problema da saúde em nosso país é a corrupção. Ela é responsável por milhares de mortes em decorrência da falta de um atendimento e tratamento adequado”.

Ao lado de Ritela, Galvan garante o combate à corrupção e a defesa a valores conservadores, como Deus, pátria, família e liberdade.