Oportunidades

14 de setembro de 2021 10:43
Publicado por:
Categorias: Artigos

A história de Jonas é muito intrigante e rica em informações

A história de Jonas é muito intrigante e rica em informações que podem ser aplicadas em nossa vida.

Deus tinha determinado que Jonas fosse para a cidade de Nínive, mas ele desobedeceu e foi para a cidade de Társis, sendo assim, o profeta teve as suas consequências.

Naquele momento, Deus poderia ter acabado com a vida de Jonas, mas não fez isso. Ainda bem que Deus não é igual ao ser humano, vingativo e que não tem misericórdia.

A consequência foi aplicada ao profeta. Deus concede o livre-arbítrio, contudo, não nos livra das consequências. Deus até poderia nos livrar das consequências, entretanto, os corolários servem como aprendizado.

No fundo do poço, ou seja, dentro da barriga do peixe gigante, Jonas se arrependeu, e assim, o peixe o vomita na praia.

No capítulo 3:1-3 do livro de Jonas, é relatada uma nova chance dada ao profeta: “Pela segunda vez, o Senhor Deus disse a Jonas: Apronte-se, vá à grande cidade de Nínive e anuncie ao povo de lá a mensagem que eu vou dar a você. Jonas se aprontou e foi a Nínive, como o Senhor Deus havia ordenado”.

Dizem que não podemos, jamais, desperdiçar as oportunidades da vida. Deus concedeu ao profeta uma nova chance e desta vez ele a agarrou com todas as suas forças.

Assim somos nós. Desobedecemos ao chamado de Deus, porque achamos que sabemos demais, mas, em meio às consequências, passamos pelo processo do aprendizado. Quem dera fôssemos como sábios, que não precisam de resultados negativos para aprender.

O Deus da segunda chance. Como é bom saber que temos um Deus que nos perdoa e nos concede uma nova oportunidade para corrigir as nossas falhas!

Na música “O Deus da segunda chance”, explica-se essa oportunidade: “Eu sei que Deus é o Deus da segunda chance para mim, eu sei. Sei que posso começar a vida mais uma vez, e Ele ainda me dá forças pra vencer. Eu sei que Deus é o Deus da segunda chance pra você também. Seu perdão trará uma nova vida, você vai ver, Sempre há uma nova chance pra viver”.

Não espere uma terceira chance para obedecer a Deus, pois pode ser tarde demais.

Que possamos agarrar as oportunidades concedidas por Deus para cada um de nós, e que nós possamos evitar as escolhas erradas, a fim de não sofrer as consequências. O profeta aproveitou a oportunidade e cumpriu a promessa de Deus na cidade de Nínive. Que possamos ouvir a voz de Deus enquanto existe tempo e oportunidade.

 

Francisney Liberato é auditor público externo do Tribunal de Contas de Mato Grosso.