Mulheres e pardos ganham menores salários em Mato Grosso

20 de outubro de 2019 07:57
Publicado por:
Categorias: Economia, Notícias

logo

Mulheres e pardos ganham os menores salários em Mato Grosso, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada pelo IBGE. A diferença salarial entre um homem e uma mulher no estado é de 28,6%, que corresponde a R$ 771 a menos nas contas femininas por mês.

O estudo traz informações sobre os rendimentos dos trabalhadores de 2012 a 2018. Segundo a PNAD Contínua, o salário médio de um homem em Mato Grosso é de R$ 2.688, contra R$ 1.917 de uma mulher.

Na comparação entre brancos, negros e pardos, o menor salário é pago para estes últimos. Uma pessoa parda ganha um salário médio de R$ 2.164, já um branco recebe R$ 2.787, ou seja, os pardos recebem 22,3% menos. Já para os negros o pagamento por mês é em torno de R$ 2.304, 17% menos que dos brancos.

A pesquisa mostrou que no estado o rendimento médio registrado em 2018 foi de R$ 2.110, sendo R$ 1.576 de salário e o restante de rendimentos como aposentadoria (R$ 316). Essa média corresponde aos vencimentos de maiores de 14 anos, ou seja, a população economicamente ativa.

Escolaridade também é um item que faz diferença nos salários recebidos em Mato Grosso. Quem completou o ensino superior recebe, em média, R$ 4.344 por mês, contra R$ 2.126 para os que possuem o ensino médio e R$ 1.892 para ensino fundamental completo.