Maria Helena já estaria convencida de que TJ não precisa de novos desembargadores

22 de junho de 2022 17:47
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Foto: Divulgação

A presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Maria Helena Póvoas, afirmou que vários desembargadores da Corte estadual estariam ‘arrependidos’ por terem aprovado a criação de mais 9 vagas para desembargador em Mato Grosso.

Segundo ela, já se tem o entendimento de que o Estado não precisa e que os atuais 30 magistrados do TJ, são suficientes para dar conta dos volume de processos existentes.

A criação das 9 vagas ocorreu em 2019. Porém, com a eleição de Maria Helena para o Biênio 2021/2022, ela decidiu não convocar os 9 desembargadores, preferindo nomear novos juízes para atuar principalmente nas comarcas do interior do Estado.