Enfermagem, a grande força do SUS

13 de maio de 2022 11:23
Publicado por:
Categorias: Artigos

São grandes parceiros da equipe médica e merecem o reconhecimento

A equipe de enfermagem, formada por enfermeiros, técnicos e auxiliares, é fundamental na promoção e na manutenção da saúde e do bem-estar da população, atuando na linha de frente do Sistema Único de Saúde (SUS) na prevenção e no tratamento de doenças.

 

São grandes parceiros da equipe médica e merecem o reconhecimento não apenas no Dia Mundial da Enfermagem, 12 de maio, como o tempo todo.

 

Presente em todos os níveis da saúde pública, a Enfermagem é uma das grandes forças que estruturam o SUS, protagonizando projetos inovadores e garantindo uma assistência humanizada. Assim, os profissionais da área transformam diariamente a vida de milhões de pessoas e provam que, com competência e dedicação, é possível diminuir a dor do próximo.

 

Ou seja, todo brasileiro utiliza os serviços do SUS, seja para tomar uma simples vacina, ou para a realização de cirurgias de alta complexidade, como os transplantes. Isso o torna o um dos maiores e mais eficientes sistemas de saúde pública e gratuita do mundo.

 

Exemplo da importância do enfermeiro no SUS é a gestão da enfermagem nas unidades básicas de saúde, onde os enfermeiros realizam atividades diversas, de liderança da equipe de saúde, atendimento aos programas preconizados pelo Ministério da Saúde, como pré-natal, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança, atendimentos à saúde da mulher e atendimento ao idoso, entre outros.

 

São grandes parceiros da equipe médica e merecem o reconhecimento não apenas no Dia Mundial da Enfermagem, 12 de maio, como o tempo todo

No ambiente hospitalar (atenção secundária e terciária), a enfermagem está na linha de frente da assistência ao paciente em todas as etapas do atendimento, construindo uma assistência humanizada e segura.

 

O SUS tem como princípios a universalidade, que é a garantia de saúde a todo e qualquer cidadão; a equidade, que é o tratamento diferenciado visando reduzir a desigualdade; e a integralidade, que consiste na atenção integral na oferta de serviços ao cidadão.

 

Nesse contexto, a Enfermagem, como uma importante parte da área da saúde, está interligada ao SUS, tendo em vista que, sem os enfermeiros, os técnicos e os auxiliares de enfermagem, o sistema público de saúde não conseguiria funcionar.

 

Os enfermeiros estão na linha de frente do cuidado na assistência à saúde do paciente e integram a equipe multidisciplinar de saúde.

 

Para que tenhamos atendimento e cuidado efetivos, é necessário auxílio do enfermeiro para atuar em relação às atividades práticas e administrativas que concernem ao contexto da enfermagem.

 

Um dos grandes desafios da Enfermagem é em relação à estrutura das unidades de saúde, desafio também para prefeitos e secretários de saúde.

 

Com a pandemia e a crise de saúde pública provocada por ela, o desafio foi ainda maior para todos, valendo ressaltar o trabalho admirável  da Enfermagem, a grande força do SUS, no enfrentamento à Covid-19.

 

Renan Loureiro é clínico geral, anestesiologista e atua há 8 anos no SUS em Mato Grosso.