Emanuelzinho estaria sendo investigado pela PF por denúncia da eleição de 2018

26 de setembro de 2020 09:53
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Foto: Reprodução
O ano é eleitoral e denúncia é o que não falta. Um inquérito na Polícia Federal estaria apurando uma suposta compra de votos em 2018, envolvendo o atual candidato a prefeito de Várzea Grande, Emanuelzinho Pinheiro Neto e outros  candidatos a deputado estadual.

O caso teria sido registrado no distrito de Aguaçu, em Cuiabá, pelo Gaeco, que flagrado a suspeita de compra de votos. O inquérito teria sido aberto à época e a investigação estaria tramitando. Como provas, existiria uma lista de 13 pessoas, que foi apreendida dentro do carro de um servidor da Prefeitura. A expectativa é de que o caso deve vir à tona nos próximos dias.