Cúpula do PSDB ‘lava roupa suja’ durante posse de Avallone e Nigro mantém candidatura em Cuiabá

13 de fevereiro de 2020 18:17
Publicado por:
Categorias: Notícias, Política

Resultado de imagem para olhar direto logo

Um dos principais assuntos discutidos durante a posse de Carlos Avallone como presidente do PSDB em Mato Grosso, realizada nesta quinta-feira (13), foi a pré-candidatura do empresário Carlos Nigro a prefeito de Cuiabá pelo partido. Parte dos filiados, que integram a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), defende que a sigla tucana apóie uma eventual reeleição do emedebista. Nigro, porém, mantém o projeto, defendido por Wilson Santos e pelo próprio Avallone.

Durante sua fala no ato de posse, Wilson Santos destacou a crise interna e chamou a atenção do vereador Renivaldo Nascimento, principal defensor do apoio a Emanuel, de que a definição partidária deve ser respeitada por todos os membros da legenda.

“É dentro de casa que a gente lava roupa suja, brigada, discute e depois sai com tudo limpo. O partido vai disputar as eleições para o Senado [com Nilson Leitão], e tem o nome do Nigro já autorizado por ele para trabalharmos a pré-candidatura dele em Cuiabá, onde eu vou tenho colocado isso. Quem vai definir é a convenção. Se nas convenções você vencer, nós vamos nos curvar à sua vitória. Se for o inverso será a mesma coisa”, disse Wilson.

Renivaldo argumenta que a candidatura de Nigro é inviável em razão de dívidas que o partido acumula desde a candidatura de Wilson Santos à Prefeitura de Cuiabá, em 2016. À imprensa, no início desta semana, o vereador classificou a candidatura de Nigro como “jogo de cena”.

“Eu sou de partido, mas nós temos uma campanha aí muito difícil. Não é segredo para ninguém meu posicionamento, sobre as ações que você sofre ainda. A minha questão com relação à Prefeitura de Cuiabá é muito simples: não é só a Prefeitura, temos um excelente nome para trabalhar para o Senado também e precisamos de estrutura financeira”, criticou.

No mesmo encontro, Nigro elogiou a gestão de Emanuel, mas prometeu empenho em convencer os correligionários contrários à sua candidatura a mudarem de opinião. “Eu estou pré-candidato, isso foi definido dentro da Executiva. O que acontece hoje é que o Renivaldo vem apoiando o prefeito Emanuel Pinheiro, ele é da base. O prefeito tem feito realmente um grande trabalho, nós estamos vendo isso, e ele quer o PSDB em seu arco de aliança. Então, realmente, é algo que precisamos construir com o Ricardo Saad e o Renivaldo, para que possamos trazê-los para o nosso lado, porque o PSDB tem condições de ter candidatura própria, é um partido forte, nós temos nome, podemos com certeza construir uma grande candidatura”.