Candidato ao Senado, “Rei do Porco”, sustenta que ex-senadora Selma não cometeu crime

21 de outubro de 2020 09:17
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Foto: Reprodução

Segundo o suinocultor Reinaldo Moraes (PSC), conhecido como o “Rei do Porco”, crime de caixa 2 não é corrupção. Para ele se trata de outro crime. Pelo menos é o que o candidato ao Senado disse para justificar o apoio da ex-senadora Selma Arruda, que foi cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico.Segundo ele, são crimes diferentes, e que no caso de Selma Arruda, foi apenas um “erro formal” na prestação de contas. Selma foi cassada por ter gasto de forma ilegal  mais de R$ 1.5 milhão na pré-campanha.
Reinaldo acredita que terá o apoio de todos que votaram em Selma em 2018, quando ela se elegeu em 1º lugar.