BASTIDORES: Empresário acusado de corrupção, guardava 500 mil em casa, em dólar e em real

15 de julho de 2020 18:22
Publicado por:
Categorias: Notícias

A Delegacia de Combate à Corrupção (DECCOR) e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) do Estado de Goiás, apreenderam R$ 500 mil no apartamento do empresário Antônio Fernando Pereira Ribeiro, dono da empresa LogLab Digital, preso nesta quarta-feira (15). O valor milionário estava em real e dólar. A prisão é temporária de 5 dias.

As investigações apuram fraudes em licitações em contratos com o governo de Goiás em 2018. A licitação vencida pelo empresário era de R$ 35 milhões.

A suspeita é que o empresário pagava propina aos políticos de Goiás, mediante superfaturamento das licitações.

Também foi divulgado que a empresa dele manteve um contrato superior a 6 milhões de reais com a Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá, mas não se informou se isso poderá fazer parte dessa investigação.