Base de Emanuel, acuada pelas denúncias, tenta de tudo para evitar processo de cassação

25 de novembro de 2021 18:05
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Foto: Divulgação/ Montagem

A base de sustentação do prefeito afastado Emanuel Pinheiro (MDB), tenta de todas as maneiras evitar ficar com mais um ônus por conta da defesa ao prefeito.

Pela 3ª semana consecutiva, a Câmara Municipal adiou a votação do pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito.

Os vereadores da base buscam um jeito de rejeitar os pedidos sem ter que arcar com o ônus, já que eles mesmos votaram para a criação da Comissão Especial que propôs a cassação de Emanuel, em função das denúncias gravíssimas feitas pelo Ministério Público.

Os vereadores estão conscientes de que não conseguirão adiar mais uma semana esta votação. Resta saber se a base irá ficar com o ônus ou lavará as mãos.