Audacioso, Júlio diz que abriria mão do Senado, para Blairo ou Terezinha

14 de fevereiro de 2020 17:54
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Recentemente, o ex-governador Júlio Campos e o ex-ministro Blairo Maggi, tiveram uma conversa oficialmente informal.

Mas no cardápio, o prato principal foi a disputa da vaga para o Senado, mascada para o dia 26 de Abril.

Júlio, que vem se colocando como candidato à cadeira da Senadora Selma Arruda, mostrou mais uma vez toda a astúcia de uma velha “raposa” política. Chegou inclusive a sinalizar que poderia abrir mão da candidatura nesta eleição suplementar.

O ex-governador, irmão de Jayme que já é senador, acabou surpreendendo o ex-senador Maggi, que também já governou Mato Grosso, fazendo discurso de quebrar paradigmas.

Numa jogada de quem não é amador em política, Júlio Campos disse que poderia até recuar da disputa ao Senado, se Blairo fosse candidato, ou então a esposa dele, Terezinha. Iniciado na escola de Várzea Grande, Júlio apesar de enfrentar restrições em relação ao seu nome, demonstra que continua sabendo mexer bem as pedras no tabuleiro da política. Dizem que Blairo ficou “inflado”.