Assessores teriam sugerido a Emanuel só tomar a vacina depois de Mauro

14 de maio de 2021 17:31
Publicado por:
Categorias: Bastidores

Foto: Reprodução

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) havia anunciado que iria tomar a vacina contra a covid-19 nesta sexta-feira (14). O caso chegou a ser anunciado pela sua assessoria.

Porém, o prefeito recuou e disse que se vacinaria em uma nova data. Emanuel já tem idade suficiente em função da comorbidade (hipertensão) para tomar o imunizante.

Porém, o seu entorno, o convenceu de tomar a vacina só depois do governador Mauro Mendes (DEM). O receio seria com possíveis críticas, de que o gestor não cedeu a vez para outros, e que poderia ser o último para demonstrar exemplo.

Diante disso, Emanuel decidiu adiar, para avaliar melhor qual o impacto de sua vacinação. Afinal, disputar o governo do Estado tem se tornado o principal objetivo na vida do prefeito.