Desembargador não vê urgência para soltar Pedro Nadaf

Gazeta Digital

A estratégia do advogado do ex-secretário Pedro Nadaf (PR), de ingressar com um pedido de habeas corpus no final de semana para ser apreciado em regime de urgência não funcionou. Isso porque o desembargador José Zuquim Nogueira determinou que fosse aguardado o retorno do expediente normal para encaminhamento dos autos para distribuição ao desembargador Alberto Ferreira de Souza (prevento).
Leia mais

CPI retoma trabalhos e convoca Nadaf para depor terça; Pagot é convidado

Comissão quer saber como se deu processo de escolha de Cuiabá como sub-sede e principalmente se houve influência política.

RepórterMT

Nadaf está preso em Cuiabá e será ouvido na próxima terça-feira.

Nadaf está preso em Cuiabá e será ouvido na próxima terça-feira.

O ex-secretário de Estado de Desenvolvimento do Turismo, Pedro Nadaf, que está preso desde a semana passada por suposto envolvimento num esquema criminoso relacionado a incentivos fiscais, foi convocado para depor na CPI das Obras da Copa.

Nadaf,  responderá  a questionamentos  pertinentes à estada dele como presidente do Comitê Pró-Copa. Seu depoimento  está marcado para o dia 29, próxima  terça-feira.
Leia mais

Mauro Mendes assina decreto com medidas para conter gastos públicos

pREFEITURA - LUIS ALVESO prefeito Mauro Mendes assinou o Decreto nº 5.858, que estabelece medidas administrativas para o controle, reavaliação e a contenção de gastos públicos no âmbito do poder executivo municipal neste ano. O decreto está publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (21).

O objetivo é garantir a otimização dos recursos públicos existentes e a qualificação dos gastos públicos, a fim de se alcançar e de se preservar o equilíbrio econômico-financeiro das contas do município.
Leia mais

Estado propõe redução de salários e carga horária para servidores

Tema começou a ser debatido; servidor pode optar ou não

Folhamax

reunião servidoresO Fórum Sindical representado por 23 sindicatos reuniu-se na manhã desta terça-feira com o secretário de Estado de gestão de pessoas, Júlio Modesto, para discutir sobre o plano de redução de jornada de trabalho com consequente diminuição salarial do servidor público. “Nós ficamos preocupados do Governo penalizar somente um setor que já está carente”, disse o presidente do Sindicato dos Empregados da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Pública (Sinterp-MT), Gilmar Brunetto. 
Leia mais