IMPEACHMENT – Aécio diz que 20% do Congresso decidirá na reta final

Uma parcela entre 15% e 20% dos deputados federais decidirá a respeito do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff somente nas últimas 48 horas antes da votação, de acordo com o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Em entrevista a O Financista, Aécio afirmou que o impeachment “dependerá da ventania final”.

"Novas eleições desviam a atenção da plateia para quem não tem coragem de assumir uma posição pró-impeachment", diz Aécio Neves

“Novas eleições desviam a atenção da plateia para quem não tem coragem de assumir uma posição pró-impeachment”, diz Aécio Neves Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil/Fotos Públicas / O Financista

Leia mais

RECOMENDAÇÃO A SEFAZ – TCE cobra autonomia financeira ao Detran

http://www.folhamax.com.br/

DetranMT.jpg

Reprodução/ Folhamax

O pleno do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, em sessão ordinária nesta teça-feira (05.04), acatou parcialmente Representação de Natureza Externa formulada pela Unidade Setorial de Controle Interno do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e determinou ao secretário de estado de Fazenda, Paulo Ricardo Brustolin da Silva, que adote medidas necessárias para assegurar a efetiva autonomia financeira à autarquia de trânsito.
Leia mais

Governador garante conclusão do VLT, mas sem “empolgação política”

Estado recupera avenidas rasgadas por obra bilionária paralisada

http://www.folhamax.com.br/

taques-canteirovlt.jpg

O governador Pedro Taques e o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, lançaram nesta quarta-feira (06.04) a obra de recuperação das avenidas Tenente Coronel Duarte (Prainha), Fernando Corrêa da Costa e Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA). Com investimentos de R$ 13,5 milhões, as obras serão concluídas em 180 dias.

As vias recuperadas sofreram intervenções entre os anos de 2012 e 2014 para a construção da via permanente do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). As intervenções geraram transtornos ao trânsito e a recuperação das avenidas vai facilitar o tráfego nas principais avenidas da Capital. 
Leia mais

TJ mantém bloqueio de bens de ex-procurador-geral do Estado

Ele é acusado de integrar esquema de pagamentos ilegais de cartas de crédito

MidiaNews

O procurador Dorgival Veras de Carvalho, que não conseguiu reverter bloqueio de bens. Foto: Secom/MT

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) manteve o bloqueio de bens do ex-procurador-geral do Estado, Dorgival Veras de Carvalho, que teve seu nome envolvido na Operação Cartas Marcadas.

A decisão é do dia 28 de março. É o segundo recurso em que o TJ-MT nega o pedido de Dorgival.

O procurador – que atuou no comando da PGE na gestão do ex-governador e atual senador Blairo Maggi (PR) – é um dos acusados pelo Ministério Público Estadual (MPE) de integrar suposto esquema de emissão fraudulenta de cartas de crédito que teria lesado os cofres do Estado em mais de R$ 398 milhões.
Leia mais