Ex-procurador é acusado de corrupção

Vitor Carlos Vieira, cunhado do ex-procurador do Estado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, fez várias acusações no desvio de dinheiro dos cofres públicos de MT.

Gazeta Digital

A Justiça negou pedido da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para suspensão de pagamento da Unidade Real de Valor (URV) dos servidores e determinou pagamento do direito em 5 dias. A decisão foi proferida na última segunda-feira (26), pelo juiz da 5ª Vara de Fazenda Pública, Roberto Teixeira Seror.
Leia mais

BRIGA DE FAMÍLIA NA SODOMA – Em depoimento a PC, médico denuncia corrupção de procurador de Silval

Chico começou a aumentar patrimônio com Maggi ao Paiaguás

Folha Max

Lima: alvo de parente

Lima: alvo de parente

Em depoimento no dia 26 de março deste ano a Delegacia de Combate a Corrupção de Mato Grosso, o médico Vitor Carlos de Souza Vieira fez uma série de acusações gravíssimas contra o procurador aposentado do Estado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, detalhando esquemas de corrupção no palácio Paiaguás que culminaram em enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro. As declarações feitas com entrega de documentos estão sob investigação sigilosa da Polícia Civil na segunda fase da “Operação Sodoma”.
Leia mais

Mauro é réu por fraude; juiz cita corretor.

Prefeito de Cuiabá nega má-fé nas transações comerciais, mas o juiz acolheu a ação considerando a confissão do corretor de que recebeu propina. Veja a íntegra da decisão

Ao apresentar defesa prévia na ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) contra ele e outras 4 pessoas, o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), alegou que não deveria ser réu no processo sustentando que não houve má-fé nas transações comerciais envolvendo a venda do capital da empresa Maney Mineração Casa de Pedra Ltda.
Leia mais