Moro determina bloqueio de até R$ 128 mi de conta de Palocci

Agência Brasil

O ex-ministro é suspeito de ser a ligação entre negociações ilícitas entre o governo e a empreiteira Odebrecht

O ex-ministro é suspeito de ser a ligação entre negociações ilícitas entre o governo e a empreiteira Odebrecht Foto: Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, determinou o bloqueio de até R$ 128 milhões das contas bancárias do ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci. O mesmo valor foi bloqueado também das contas do assessor do ex-ministro, Branislav Kontic, e do ex-secretário da Casa Civil Juscelino Dourado.
Leia mais

‘Laranjas’ foram usados para ‘esquentar’ distribuição de dinheiro desviado

O funcionário da Todimo, Wiliam Soares Teixeira, teria sido usado para ‘esquentar’ a transferência de R$ 49 mil a Arnaldo Alves. Já Catarino da Silva Neto e Elaine Martins teriam recebido cerca de R$ 300 mil em cheques.

http://www.reportermt.com.br/

Laranjas foram levados para depor na Defaz na manhã desta segunda. Foto: RepórterMT

Ao menos três pessoas, que teriam sido usadas como “laranja” no esquema de lavagem de dinheiro através de uma desapropriação milionária, ocorrida na gestão do ex-governador Silval Barbosa, através de uma área no bairro Liberdade, em Cuiabá, foram conduzidas de forma coercitiva para prestarem esclarecimentos na Delegacia Fazendária do Estado, durante a deflagração da Operação Sodoma 4.
Leia mais

Justiça bloqueia contas de alvos da 4ª fase; dono de buffet sai em silêncio da PC

Bastidores já indicam que Valdir Piran fará delação para explicar empréstimos para autoridades em MT

http://www.folhamax.com.br/

defaz-alanmalouf.jpg

Alvo de condução coercitiva nesta segunda-feira durante a quarta fase da “Operação Sodoma”, o empresário Alan Malouf deixou a sede da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), em Cuiabá, totalmente em silêncio.
Leia mais