TJ não vê “grave ameaça” a ex-secretário e manda soltar ex-servidor da Seduc

Fábio Frigeri foi preso no dia 15 de junho acusado de quebrar medidas cautelares ao enviar supostas mensagens de WhatsApp a esposa de Permínio Pinto

http://www.folhamax.com/

FABIOFRIGERI.jpg

Foto: Reprodução

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) mandou soltar, nesta quarta-feira (15), o ex-servidor da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), Fábio Frigeri, preso no dia 15 de junho de 2018 por suposta ameaça ao ex-secretário da pasta, Permínio Pinto.
Leia mais