E os russos?

RODRIGO RODRIGUES
RODRIGO RODRIGUES

Está em andamento mais um daqueles vergonhosos acordos de bastidores que, literalmente, “cagam” para os eleitores e para a inteligência dos cidadãos mato-grossenses.

Com a fé absoluta de que o dinheiro tudo pode, tudo compra, este seleto grupo faz qualquer negócio para não perder o “negócio” de comandar o estado e preservar o atual modelão de gestão que, como já disse anteriormente, é excludente e pervertido.

Tal engenharia bem articulada, diga-se de passagem, é coisa de profissional e – como a grande maioria parece não dar a mínima de pagar de otário e em um ímpeto sadomasoquista insistir no erro – há enorme chance de sucesso.

A treta seria a seguinte: Blairo Maggi ficaria no Ministério da Agricultura; Mauro Mendes seria o candidato ao governo pelo PP; Pedro Taques sairia para o Senado pelo PPS; Jaime Campos, na outra vaga para o Senado, pelo DEM; O vice assumiria por 9 meses segurando a máquina!

A julgar pelo poder econômico-político desta chapa, que além da máquina estadual reúne todo PIB do estado, parece invencível né?

Sendo verdade este fato, duas coisas me intrigam.

O deputado Nilson Leitão ficou de fora, uma vez que já assumiu a candidatura ao Senado?

E já combinaram com os eleitores?

Lembrando que “tatu não sobe em toco”.

Rodrigo Rodrigues 

Jornalista e gestor governamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *