Juiz diz que autorizou escutas sem saber quem eram os alvos

Jorge Alexandre disse que só ficou sabendo da dimensão dos grampos e das pessoas que foram alvos do esquema de grampos ilegais depois que o caso se tornou um dos maiores escândalos de Mato Grosso.

http://www.reportermt.com.br/

Reprodução/RpMT

O juiz da comarca de Cáceres (222 km de Cuiabá), Jorge Alexandre Martins Ferreira, afirmou ao juiz Murilo Mesquita, da 11ª Vara Criminal Especializada da Justiça Militar de Cuiabá, que autorizou as interceptações telefônicas sem conferir os números.
Leia mais